quarta-feira, 18 de abril de 2012

Porquê?

Porque é que toda a gente que anda no futebol português desconfia que o jogo é sujo?

Os 30 anos de pontificado da criatura não são um pesadelo, são a realidade, nua e crua, que reflecte o nosso país.

A impunidade e, acima de tudo, o apoio popular que a demagogia alcança, alicerçada num discurso que prefere o resultado ao método, transformarão o nosso país, a breve trecho, na caricatura da democracia sonhada pelos nossos Pais.

A geração da cultura, do desenvolvimento, da preparação, da universal univerdidade, prefere alcançar o objectivo, ultrapassando os meios. Esquece-se, na embriaguez do resultado, dos meios utilizados . Esquece-se, na essência, da origem...

Isto não destrói apenas o desporto: destrói a democracia, enquanto o povo vai cantando e rindo.

Não nos compete, apenas, dizer basta. Compete-nos ir além, ir além, ir além...

Compete dizer ao povo que é possível ser diferente, que é possível ser melhor, que é, enfim, possível construir um mundo diferente.

A apologia do crime, a longo prazo, não compensa. Essa regra de ouro, essa razão de ouro da vida, move-me na defesa intransigente dos valores da nossa Fundação, sem admitir cedências.

Que todos tenham os mesmos princípios...

Viva o Benfica!
Sent from my BlackBerry device available from tmn

1 comentário:

  1. Infelizmente, quem nos lidera decidiu dar cobertura a isso tudo...

    ResponderEliminar