quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Se correr mal, já sabem porquê!

Na antevisão do jogo de amanhã, o nosso treinador proferiu mais duas frases do tipo mesmo que falhe, eu não falho porque sei quais as razões para se falhar.
O jogo com o paços de ferreira é mais importante. Errado! É tão importante quanto o de hoje!
A primeira equipa a ser eliminada das competições europeias, parte à frente para a conquista do campeonato nacional. Incerto. Se amanhã, como espero, ganharmos aos alemães e, na 2ª mão, os ladrilhos forem eliminados, faltamos na próxima eliminatória em frança ou na ucrânia, visto que o campeonato é uma prioridade?
Resumindo, o objectivo destas palavras é acautelar dois insucessos: o de amanhã e o de maio!
JJ tem imensas qualidades, mas o discurso e a rigidez do seu pensamento são uma lástima.

7 comentários:

  1. mas tu achas mesmo que ele vai querer perder o jogo ?

    ResponderEliminar
  2. O que vale é que se diz que vai ganhar e quer ganhar e somos fortes é acusado de bazófia e conversa fiada...
    Pouco me importa se fala bem ou fala mal, o que interessa é que de futebol percebe e não é pouco e, com ele, o Benfica joga muito mas muito mais que os 4 ou 5 anteriores treinadores

    ResponderEliminar
  3. Contudo o que ele diz não deixa de estar correcto, aliás, o meu maior receio quanto ao campeonato é que mais uma vez estou a assistir a um FC Porto a subir de condição física e o nosso Glorioso a decair de fim de semana para fim de semana! Mais do que o discurso rígido do JJ, preocupante é o último terço da época desportiva..

    ResponderEliminar
  4. Respostas
    1. Quando cresceres, perceberás que nem sempre aquilo que a imaturidade e a falta de educação parecem obviar, são verdades absolutas.

      Eliminar
  5. O Benfica não luta de igual por cá. Há mais de 30 anos que isso não acontece. Nos anos em que o clube do freixo ganhou tudo por cá e títulos lá fora, fê-lo com o beneplácito da arbitragem. Não precisavam de se consumir internamente. Bastavam as ajudas da arbitragem e as desajudas aos adversários (principalmente ao Benfica, porque o sporting raramente contou). Era como jogassem em vários tabuleiros mas apenas dessem o litro apenas num deles, porque por cá podiam jogar com as reservas. Foi o tempo em fomos consecutivamente prejudicados no início das épocas, para ganhar avanço e precaver problemas nos finais.
    O mesmo disse o Trapattoni no ano em que foi campeão pelo Benfica. A diferença é que só o disse depois de conquistar o título, não o disse em tom de antevisão.

    ResponderEliminar