quinta-feira, 20 de junho de 2013

A insustentável leveza do ser


A reformulação dos quadros competitivos que  Liga proporá deve ser discutida com seriedade e serenidade, sendo encarada por todos os clubes, sublinho todos os clubes, como o momento ideal para a equacionar o futuro do futebol português. 

Neste momento, o campeonato português está comprometido com os tentáculos do sistema, que oscila entre imposição de treinadores, empréstimo de jogadores, parcerias subliminares e controlo da informação (há clubes que não comentam arbitragens contra o porto).

Esta é a hora da mudança? 

Duvido. Mas talvez fosse bom ouvir o que o Mario Figueiredo tem para dizer...

Enviado de Samsung Mobile

Sem comentários:

Publicar um comentário