segunda-feira, 26 de agosto de 2013

zek, zek, zek

Será verdade que um guarda redes do principal campeonato teve de sair antecipadamente, do jogo que disputava com o seu antigo patrão, para ver definitivamente liquidadas as verbas de que era credor?

5 comentários:

  1. É repetição do lance, o outro jogava na União de Leiria. E também ganhava por 1 a 0.

    Mas ao contrário deste, que teve de se fazer expulsar, foi substituído ao intervalo...

    ResponderEliminar
  2. O da cabeçada?
    Não me admirava nada. É a táctica habitual.
    O clube corrupto deixa sair os jogadores mas deixa igualmente ficar muito dinheiro por pagar a eles com a garantia de ir pagando aos poucos desde que eles fiquem caladinhos.

    Isto dito por um ex jogador deles, em conversa de café, assumindo que foi a pior fase da sua vida o tempo que esteve ligado a eles, apesar dos títulos e dinheiro ganho.

    ResponderEliminar
  3. O que me custa a mim é toda a gente saber desta merda e ninguém denunciar isto com provas.

    Se vem que a prova é Portugal é relativa... Depende da quantidade de fruta e da qualidade do café com leite.

    ResponderEliminar
  4. Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado!

    http://ocarteiravazia.blogspot.com/

    ResponderEliminar