sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Eleições

Escrevi aqui o que afirmei, sem rodeios, em sede própria: se Luís Filipe Vieira estivesse bem aconselhado, dizia a Nazaré para aceitar a candidatura de Rangel.

Rangel tem tudo para ser um desastre eleitoral e tem, sobretudo, muita vontade de se enterrar, sendo acompanhado por uma equipa amadora, que pouco ou nada percebe de política - sim, meus caros, é disso que se trata! - e que se recusa a receber conselhos, estando convencidos que a verdade é absoluta (desconhecem os grandes mestres, como Pimenta Machado, que um dia lançou o grande lema sobre futebol:" o que hoje é verdade, amanhã é mentira!").

Cada comunicado de Rangel é pior do que o anterior, cada conferência de imprensa entristece mais do que a primeira - que, em si, foi absolutamente má, o que, no entendimento do homem médio, devia ser insuperável.


Desta vez, no entanto, Rangel foi longe, muito longe, longe para sempre: não lhe bastava não ter apoiantes, ainda conseguiu, de uma assentada, afastar Jorge Mendes da sua candidatura (o homem mais poderoso do futebol mundial, no que à negociação de jogadores concerne), ligá-lo umbilicalmente a Vieira (o que só pode ser bom sinal para o Benfica e mau para os riváis/inimigos) e chamar a atenção para os jogadores que apoiam Vieira e que ainda estão no activo (o que garante, no mínimo, que Vieira mantém boas relações com ex-jogadores do Benfica).


Será que Rangel é uma criação de Vieira?
Sent from my BlackBerry device available from tmn

5 comentários:

  1. A cada dia que passa, o balão esvazia (será que encheu?). Daqui a uma semana ninguém se lembra dele, ou lembrando-se, está queimado.

    ResponderEliminar
  2. "Será que o Rangel é uma criação de Vieira?" - Temos aqui uma pergunta interessantíssima!
    Se fosse dava-lhe crédito ou reprovava-a?
    Esta postura de jornalista que por vezes se assume como comentador e que quando a coisa corre para o torno se refugia no direito de o jornalista poder fazer perguntas para mim já não cola.
    Vejo tantas perguntas e tão poucas respostas

    ResponderEliminar
  3. É o que dá o Rangel e a sua candidatura andar a ser empurrado e dinamizado por bloggers que acham que têm resposta e solução para tudo.

    ResponderEliminar